CONFIRA O RESUMO DO QUE ACONTECEU NA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE


Na noite desta terça-feira (23) foi realizada a primeira sessão ordinária das atividades do legislativo municipal do ano de 2018 na Câmara Municipal de Monte Alegre/RN. Na oportunidade o primeiro secretário Fagner Ferreira fez a leitura da ata com a mensagem anual do prefeito Severino Rodrigues, bem como dos senhores vereadores (as) desejando as felicitações da chegada do ano novo. Além disso, alguns vereadores explanaram por meio da ata seu pesar pelo falecimento de Nazaré (Fontes) e Ednalva (Olho d´água). 

Após a leitura da ata, foi iniciada as atividades do legislativo com discussão acerca do reajuste salarial dos servidores municipais e também dos conselheiros tutelares. Além disso, alguns projetos e requerimentos foram lidos, porém o projeto de lei protocolado em 03 de janeiro de 2018 de autoria do vereador Edvan Paulino (PMDB), segue o projeto abaixo:  



Não foi lido na referida sessão, na ocasião o vereador Edvan Paulino questionou o motivo pelo qual o projeto não entrou em discussão. O senhor Presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Ananias explicou que não foi aprovado pela comissão e por esse motivo não entrou em discussão. O vereador Fagner Ferreira acrescentou e disse “todo projeto precisa passar pela mesa diretora, que decide sobre quais projetos devem ser encaminhados para votação. Segundo o primeiro secretário (Fagner) o projeto não está favorável para discussão e que está inconstitucional”.

Nesse momento houve um mal-estar entre Edvan Paulino e Fagner Ferreira (o 1º secretário pediu que Edvan fizesse uma leitura sobre o artigo 45º do regimento interno). A forma da discussão entre eles assustou as poucas pessoas que lá estavam. Fagner acrescentou que se a comissão quiser emitir o parecer favorável ao projeto para ser lido, não haverá problema. Mas ele já antecipou que possivelmente votaria contra o projeto.

Em seguida, foi a vez do vereador Heriberto Chagas dizer que também não é a favor do projeto do vereador Edvan, pois é justamente com seu salário de vereador que consegue ajudar as pessoas, dos quais o procura. Ele ainda pediu para Edvan fazer a doação do seu salário de vereador para os mais carentes. Nesse momento Edvan convidou o vereador (Heriberto) a fazer o mesmo com o salário que recebe. Isso gerou um bate boca entre ambos, e Edvan saiu da sessão antes mesmo do presidente encerrar as atividades daquele dia.

Enquanto isso: PIERRE, JANILSON, MARROM, JAILMA, CAROLINA, RIVANILDO e FERREIRA optaram pelo silêncio sobre o referido projeto.



Um comentário:

  1. Pura conversa de Heriberto, pois o segurança do bairro Comum que salvou a vida do vereador em uma tentativa de assalto na residência do mesmo e foi alvejado por 2 tiros. E após o acontecimento pediu pra Heriberto emprestar o dinheiro da arma que os bandidos levaram e ele disse que não tinha e não custou em nada a sua recuperação.

    ResponderExcluir

Os moradores de Monte Alegre reclamam da rotina da falta de água

Os moradores de Monte Alegre reclamam da rotina da falta de água constante. Os Montealegrenses não são avisados previamente sobre esse...